LEGOLAND

Na elaboração do nosso roteiro, a intenção era colocar um dia parque, um dia outra atividade. Na divisão durante os dias da semana, o LEGOLAND acabou ficando para visitarmos em um domingo. No início fiquei um pouco preocupada, com receio de o parque estar cheio, mas não tivemos nenhum problema. Pelo contrário, o parque foi um dos mais tranquilos que visitamos durante toda a viagem.

O LEGOLAND fica um pouco mais afastado de onde estávamos (Kissimmee), mas ele abriria às 10 horas, então nosso horário de levantar e tomar café da manhã para sair foi o mesmo. O parque fica localizado em Winter Haven, há mais ou menos 60km de distância da nossa hospedagem.

Chegando ao Legoland

Assim como nos outros parques, chegamos e estacionamos (valor foi de $19.00, já incluso imposto) e seguimos para a entrada. Levamos os vouchers impressos, bastou entregar e validar, além de passar pela vistoria das mochilas. Chegamos com o parque abrindo, e na entrada já pegamos o folheto com mapa e programação para nos organizarmos. Diferente dos parques da Disney, esse não tem o fura filas, e para ter tem que pagar. Não nos preocupamos em ter mais um gasto, entramos nas filas normais mesmo.

Primeira atração que visitamos foi o cinema 4D, pois já ia começar uma sessão. Foi muito divertido, um curta de LEGO, muito engraçado e com efeitos 4D. As crianças adoraram! Queriam assistir novamente.

Seguimos para a área de DUPLO Valley, aquele LEGO de peças grandes para crianças menores.

DUPLO Valley

Essa área não nos foi muito chamativa, ficamos por ali pouco tempo. Nossas crianças foram no DUPLO Train, mas é só um passeio tranquilo em um trenzinho, nada demais. Meu pequenino amou o DUPLO Farm, uma área fechada, com ar condicionado (ótimo para períodos de calor) e com vários brinquedos como escorregador, blocos para montar, casinha… Outra coisa que gostaram muito, mas não aproveitamos pois o clima estava ameno (para nós até um pouco frio) foi o DUPLO Splash & Play. É também uma ótima pedida para os dias quentes, pois são brinquedos gigantes em formato de LEGO que espirram água.

Atravessando essa área do DUPLO Valley, tem um caminho que vai para a LEGO Kingdoms, e foi para onde avançamos.

LEGO Kingdoms

Com tema medieval, essa parte do parque tem algumas atrações bem legais, além da decoração ser bem bacana também. Parece mesmo que estamos em um reino, tem castelo e tudo mais. Primeiro brinquedo que as crianças foram, o Merlin’s Challenge, é uma espécie de trenzinho, mas um pouquinho mais radical que em DUPLO Valley, dá várias voltas, e o carrinho é em formato de peças de LEGO. Depois fomos no The Dragon, a montanha russa dessa área. A entrada é dentro do castelo, e o carrinho é um dragão também em formato de peças de Lego. Na verdade quase tudo no parque é em formato de peças de Lego. É muito legal essa montanha russa, recomendamos! Foi o brinquedo que pegamos a maior fila nesse dia, meia hora.

Em LEGO Kingdoms tem também o Royal Joust, um passei em cavalinhos de Lego, minhas crianças amaram! Cada criança vai em um cavalinho, e ele dá uma volta em uma espécie de jardim. Nessa parte tem também algumas lanchonetes, lojinha e um brinquedo que estava fechado para manutenção. Saindo dali fomos para Land of Adventure.

Land of Adventure

O que dizer dessa área do parque? Muito divertida! Meus pequenos amaram a Safari Trek, que é um mini Safari onde se vê animais feitos de Lego. Gostaram tanto que foram mais de uma vez. Tem também o Coastersaurus, montanha russa com tema de dinossauro, divertida e muito tranquila. Também foram algumas vezes.

Na parte do Egito, tem o Beetle Bounce, que é uma especie de elevador com queda livre, mas é tranquilo pois não é muito alto (esse eu fui e é bem engraçado). Fomos no Lost Kingdom Adventure, onde entramos em carrinhos dentro da pirâmide e tínhamos que ir acertando com as pistolinhas de luz em pontos selecionados durante o passeio, e ao final mostrava um placar de quantos cada um acertou. E o Pharaoh’s Revenge, uma espécie de brinquedão com bolinhas para atirar no oponente, escorrega, casinha, local para as crianças;as pequenas se divertirem (meu filho amou esse brinquedo).

Dali seguimos para o LEGO NINJAGO WORLD, passando pelo MINILAND USA. Porém antes paramos em uma lanchonete pertinho da Coastersaurus para comer cachorro quente, que foi nosso almoço do dia.

MINILAND USA

É uma espécie de mini cidade toda feita de LEGO (para quem conhece o Mini Mundo em Gramado-RS, pode associar a ele). Porém ele mostra miniaturas de algumas cidades ou pontos turísticos do Estados Unidos, além de algumas réplicas de personagens de Star Wars (tudo feito de Lego). É bem legal passear por essa área, tirar algumas fotos.

LEGO NINJAGO WORLD

Na entrada tem um espaço com pecinhas de LEGO para as crianças brincarem. Ao lado, um brinquedo bem legal de escalada, o Cole`s Rock Climb. E também o Jay`s Lightning Drill, uma espécie de jogo para treinar os reflexos, onde temos que apertar o botão onde acende a luz (lembra um pouquinho Genius, porém em um painel grande com botões espalhado por ele). Passamos algum tempo ali nos divertindo, depois seguimos para a LEGO NINJAGO The Ride.

Foi muito legal o LEGO NINJAGO The Ride. Entramos em um carrinho, colocamos óculos 3D, e tínhamos uma missão a cumprir. Na nossa frente, no carrinho há alguns botões que temos que apertar durante o passeio. Nosso filho não pode ir por causa do tamanho, mas nossa filha foi e amou.

Saindo dessa área fomos para a LEGO City.

LEGO City

Achei essa área bem bacana para as crianças menores. Meu pequenino amou essa parte. Ele foi no Boating School, que é um passeio de barquinho. Foi também no Ford Jr. Driving School, onde há os carrinhos de Lego que eles tem que entrar e dirigir, dando a volta na pista, e ao fim eles ganham uma carteira de motorista da categoria Jr. Meu filho se sentiu o máximo dirigindo sozinho o carrinho. Por fim, ele foi no NFPA Rescue Academy, onde há um carro de bombeiro em que precisam entrar, guiar até o local do incêndio e depois apagar o incêndio. Também foi super bacana. Depois de tirar umas fotos por ali, fomos para a LEGO Technic.

LEGO Technic

Primeira atração que fomos aqui foi a The Great LEGO Race. Essa montanha russa foi a mais radical que fomos em nossa visita, mas mesmo assim ela é muito tranquila, pois meus filhos podiam ir. No dia que fomos não estava disponível os óculos de Realidade Virtual, que imagino que deva ser uma experiência muito diferente. Mas mesmo assim foi bem bacana, minha filha amou esse brinquedo, foi o favorito dela no parque. Fomos também no Technicycle, um brinquedo que gira, são bicicletas que quanto mais pedalamos, mais alto vamos. Meu filho amou esse. E por último, nessa parte, foram no AQUAZONE Wave Racers, que também é um brinquedo que gira, porém na água e você controla os movimentos do barquinho.

Como já estava no fim do dia e próximo do horário de fechamento do parque, começamos a voltar para a entrada.

FUN TOWN

Lembra que no ínicio fomos no cinema 4D? É aqui nessa parte que ele fica. No fim do dia chegamos e a fila do The Grand Carousel, o Carrossel de LEGOLAND estava bem pequena, então nossa crianças puderam aproveitar. Enquanto isso, aproveitamos para experimentar as famosas maçãs fritas da Granny’s Apple Fries. É muito gostoso, vale muito a pena. Ser você quer comprar alguns brinquedos, é também nessa região.

Confiram algumas fotos desse nosso dia fantástico:

Chegando ao LEGOLAND

Picture 1 of 23

Entrando no estacionamento do parque

The Beginning

A entrada do parque, que penso ser melhor para fazer o que é necessário na saída, possui mais lojinhas. Vendem brinquedos (LEGO) tem também lanchonete e o local onde você pode comprar as fotos que tirou no parque. Nós não compramos as fotos do parque, achamos que não valia a pena, pois fizemos as contas e saía caro. Também não compramos brinquedos para levar, apesar que alguns nos disseram que só se encontra por ali.

Finalmente, o parque encerrou as atividades às 17hs, e nesse horário já estávamos a caminho do estacionamento.

Aqui um vídeo do nosso canal do YouTube, com o resumo desse dia:

Considerações finais

Como a temática é o LEGO, então tudo o que tem lá dentro é “construido” com esses blocos de montar. As atrações, as áreas temáticas, praticamente tudo é em formato de LEGO. É muito legal, parece que encolhemos e estamos em um mundo de brinquedos.

Esse parque é incrível para ir com crianças pequenas (entre os 4 e 12 anos de idade), e para os amantes de LEGO. O parque, por não ser do complexo Disney, é muito legal encaixar na viagem, por ser uma temática diferente. É também, na minha opinião, um parque leve e muito bom para andar e passear, e apesar de termos ido em um domingo, foi bem tranquilo. Enfim, creio que aproveitamos muito bem o parque, fizemos praticamente todas as atrações que estavam disponíveis no dia da nossa visita.

 

Encerrando o post de hoje, espero que tenham gostado do relato e que considerem esse parque no passeio com seus pequenos, pois eles irão amar! E nos próximos posts, mais da nossa incrível viagem!

Abraço a todos e até breve!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *