Morar em Vitória/Vila Velha?

Olá queridos leitores! Hoje teremos mais um post sobre a busca de uma cidade com boa qualidade de vida para se viver. Em especial, vou falar de duas cidades capixabas, que são separadas apenas por uma ponte: Vitória e Vila Velha.

Nunca me vi visitando Vitória, no Espírito Santo, para passeio, imagine para morar. Mas quando saí do aeroporto e vi a cidade com muito verde e ruas bem estruturadas (calçadas e ciclovias também), me surpreendi. Essa boa infraestrutura se estende também à cidade de Vila Velha. Comecei então minhas buscas sobre detalhes da cidade, se valia a pena morar ali ou não.

Ficamos hospedados em um hotel na região da Praia do Canto, em Vitória. O bairro é um charme! Inclusive há vários prédios residenciais e comércios como farmácia, casa lotérica, restaurante, panificadora… todas íamos a pé. Inclusive fica aqui uma dica: fomos ao restaurante Kabécos para almoçar e a comida é deliciosa, além de ter um ótimo preço! Aproveitando que estamos falando de restaurante, mais outra dica: no Restaurante Atlântica, na Praia da Costa em Vila Velha, comemos uma verdadeira moqueca capixaba que é deliciosa e com valor justo pela qualidade da refeição. Recomendo!

Percebemos que as pessoas não andam muito a pé por lá, não sei se por causa do calor ou pela facilidade de andar de carro mesmo. Já em Vila Velha, percebemos que as pessoas andavam um pouco mais a pé, mas ainda era pouco comparado com o que estamos acostumados. Uma vantagem que vimos nas duas cidades, há muitas rotas de ciclovias, e são muito bem estruturadas, e há bastante ciclistas. Também tem como alugar bicicletas, e para quem usa diariamente há planos bem interessantes. Testamos o aluguel em Vila Velha e foi ótimo! Há pontos onde você pode pegar e deixar a bike, e você paga pelo tempo de uso. Pode ser feito pagamento pelo aplicativo em smatphones ou pelo próprio painel que alguns pontos possuem para pagamento. Detalhe, a bike só é liberada mediante confirmação do pagamento, e após isso é gerado um código para o desbloqueio da bike escolhida.

Fomos a um supermercado local, e o preço das coisas por lá, no geral, são os mesmos que estamos acostumados aqui em nossa terrinha. Outro detalhe que me chamou atenção nesse supermercado específico foi a variedade de marcas de um mesmo produto, então você pode comparar preços e levar o que acha melhor.

Fizemos algumas entrevistas com pessoas que moram lá, e a maior parte delas disse preferir morar em Vila Velha, por ter mais qualidade de vida e um custo um pouco menor que Vitória. Achei as duas incrivelmente bonitas e bem organizadas, e também gostei muito do clima. Apesar de ser verão, por serem litorâneas estava muito agradável.

O que pesquisamos sobre violência nessas duas cidades nos animou, pois, segundo os próprios entrevistados, nunca tiveram problemas, e ainda, que a segurança lá tem melhorado. Claro, devemos tomar nossas precauções, como em qualquer lugar do mundo!

Com relação à educação, chegamos a ver que há escolas particulares de qualidade, mas não investigamos valores. Sobre a educação pública, foi muito elogiada pelos entrevistados; o mesmo para a assistência à saúde, que o setor público oferece aos seus moradores.

Um detalhe que acho importante compartilhar. Segundo relato dos próprios moradores, em períodos mais chuvosos há pontos de alagamento em Vitória, e em Vila Velha a prefeitura resolveu o problema em grande parte da cidade instalando bombas de drenagem. Outro fato importante a compartilhar, para quem quer apenas passear e curtir praia, o mar possui ondas fortes e a água é mais fria que no litoral do nordeste.

Em resumo, nossa opinião: não teríamos problemas em morar em nenhuma dessas duas cidades. São ótimas, me encantei pelas duas, elas parecem sim oferecer uma boa qualidade de vida, que é o que mais desejamos hoje. Porém, farei algumas ressalvas. O custo de vida para nós não mudaria muito do que temos hoje (caso tenham interesse em fazer uma pesquisa comparativa de valores, acesse aqui). Outra situação, muitas pessoas moram em Vila Velha e trabalham em Vitória, e não faríamos isso, pois como há apenas uma passagem principal entre essas duas cidades (a ponte), no horário de rush o trânsito fica caótico (pela manhã no sentido Vila Velha – Vitória e no fim do dia sentido Vitória – Vila Velha).

Fora esses detalhes, que não são também tão problemáticos, somente uma questão mesmo de adaptação e pensar em uma melhor logística, moraria facilmente em qualquer uma dessas duas cidades. Agora, eis a questão: Vitória ou Vila Velha? Confiram abaixo algumas fotos:

VITÓRIA

VILA VELHA

Apesar de serem coladas uma à outra e quase se misturarem (pois o que as divide é somente a ponte), Vila Velha tem um ar mais interiorano, mais praiano, bem diferente de Vitória, que tem cara de cidade grande mesmo. Então a decisão é uma questão de gosto. E claro, andamos em apenas parte dessas cidades, não conhecemos a fundo nenhuma delas, então nossa opinião é baseada em pesquisas e nossa vivência em um curto período de tempo.

E vocês, já pensaram em uma dessas duas cidades para viver? Qual delas?

Espero que este post os inspire a buscar também a tão sonhada qualidade de vida. Se você é novo por aqui, vale conferir os outros posts aqui e aqui sobre cidades que fizemos um levantamento.

Grande abraço e até breve!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial