Continuação das férias: pouso em Caetité

Como eu disse no post anterior, continuarei com o relato da nossa viagem de férias, falando especificamente sobre a cidade que paramos para o pouso, Caetité.

Saímos de manhã de Morro de São Paulo, mas como leva um tempo até pegar a lancha e atravessar, demoramos um pouquinho até ajeitar as malas no carro e sair de Valença. Fizemos o mesmo caminho da ida, mas na rota inversa, parando para almoçar em Jaguaquara, cidade pela qual cruzamos a BR-116. Seguimos até Caetité, onde já chegamos no fim do dia, rodando nesse dia 502 km.

Nossa hospedagem foi em um dos hotéis mais tradicionais da cidade, o Caetité Palace Hotel. Que hospitalidade! Fomos muito bem recebidos pela própria dona do hotel, Dona Núbia. Ficamos nos quartos novos, tudo muito limpo e bem cuidado. E a comida excelente, caseira e tudo feito na hora! Como estávamos todos cansados, pensávamos que todos iríamos jantar e dormir. Mas para nossa surpresa, minha irmã precisou ir ao banco e disse que havia uma decoração muito linda na praça da cidade, bem pertinho de onde estávamos, então fomos lá levar as crianças (elas amam natal e tudo relacionado a essa data).

Quando saímos do hotel e começamos a caminhar, sentimos um friozinho gostoso, típico de cidade serrana. E ao chegar na praça, que surpresa inesperada! Uma decoração linda e bem elaborada, acima de tudo, muito bem preservada! Segundo a Dona Núbia, a cidade valoriza muito a educação e os princípios e valores dentro das escolas. Disse ainda que as escolas municipais são muito bem cuidadas e que tudo isso é graças a um pedagogo chamado Anísio Teixeira, que lutou muito para implantar boas escolas na região (isso há muitos anos atrás). Caetité, uma cidade com aproximadamente 60 mil habitantes, além de ser parada de viajantes que vão para o litoral, é também centro de exploração de minérios e de energia eólica (quando estamos chegando e saindo da cidade podemos ver os grandes moinhos, e para a nossa alegria, a maior parte funcionando).

É muito interessante que quando viajamos e passamos pela cidade, não imaginamos o quão boa ela é, tanto em relação à sua estrutura e administração, quanto ao seu valor e riqueza, economicamente e culturalmente falando. Foi uma grande alegria poder conhecer essa cidade, um pedacinho da Bahia que encantou a todos nós (inclusive nossa filha queria se mudar para lá, rsrs).

Vejam abaixo as fotos desse nosso trechinho da viagem:

E vocês, já tiveram a oportunidade de conhecer Caetité? Ou conheceram alguma outra cidade que foi surpreendente?

Um grande abraço a todos e até o próximo (e último) relato da viagem de férias.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial