Suspeita confirmada

É muito ruim quando nossos pequenos adoecem, mesmo que seja um simples resfriado. Eles ficam mais “tristinhos”, não têm aquela energia e disposição que costumam ter. Mas sabemos que as crianças quando estão nessa idade de amadurecimento da imunidade são sujeitas a vários tipos de doenças que são comuns em crianças. Por aqui já surgiu rubéola, rosácea, sinusite, otite, infecção de garganta, gripe… Também já houve a doença pé-mão-boca, e agora surgiu de novo.

Para quem não conhece, a doença pé-mão-boca é uma infecção por vírus (Coxsackie) comum em crianças até os 5 anos de idade. Ela começa como sintomas de uma gripe comum, com febre, dor na garganta, coriza e mal-estar. No início nós não conseguimos perceber que é essa doença, até que iniciam as erupções de pequenas bolhas nas palmas das mãos e nas plantas dos pés, e vão se espalhando pelos membros e pode também atingir as partes íntimas. não costumam se espalhar pelo tronco e rosto. Essas bolhas coçam e incomodam, mas duram mais ou menos entre 4 a 7 dias. Não existe vacina para essa enfermidade.

Nosso caçula teve essa virose quando tinha menos de 2 anos, ainda nem ia para a escola. Os sintomas foram mais brandos, logo ele ficou bem. Agora foi nossa filha que teve. No início achei que fosse apenas inflamação na garganta, pois ela tem um grande histórico com esse problema (a doença nos engana mesmo, ela realmente estava com a garganta ruim mas já eram sintomas iniciais da virose). Quando começou a surgir as bolhas observei durante um dia para ver se não era apenas um sintoma alérgico, mas no dia seguinte elas se espalharam e percebi que poderia ser doença pé-mão-boca. Fiquei na dúvida pois geralmente dá em crianças com menos de 5 anos (em algum lugar eu li que é mais comum em crianças de 1 a 3 anos), então pedi que meu esposo a levasse ao hospital para confirmar minha suspeita. E ela foi confirmada! Como não tem medicamento para o tratamento da doença, o recomendado é o uso de loção para o corpo e antialérgico para aliviar o desconforto, antitérmico em caso de febre, repouso e ingestão de bastante líquido.

Doenças de crianças são assim, ainda bem que eles se recuperam rápido! Então quando seus pequenos apresentarem esses sintomas, não precisam se desesperar. E claro, caso o quadro se agrave, deve ser levado ao conhecimento do pediatra para maiores instruções.

Muito importante!! Ensinar as crianças os cuidados com higiene desde muito pequenos, pois muitas dessas doenças costumam ser transmitidas por via oral, como, por exemplo, uma mão suja na boca. E evitar contato com outras crianças durante o período da doença, para que não haja contágio.

Um forte abraço a todos e boa semana, com muita saúde!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial