Trabalhando a inteligência emocional nas crianças (04/06)

Olá pessoal! Hoje nosso assunto será a Autonomia Emocional, aspecto que faz parte da nossa série sobre a Inteligência Emocional.

Essa é a mais ampla de todas as competências, pois nela é trabalhada a autoestima, a autoconfiança, a responsabilidade e muitas outras qualidades positivas que se pode ter em uma pessoa. É aprender a se valorizar e se amar, da forma como ela é. Ter uma atitude positiva diante da vida, saber argumentar e ter a capacidade de fazer suas próprias escolhas. Ser uma pessoa segura mas também saber a hora de pedir uma ajuda. A partir do momento que uma pessoa tem autonomia emocional, ela sabe respeitar as diferenças e passa a desenvolver habilidades sociais positivas.

Uma maneira muito interessante de trabalhar na crianças a autonomia emocional desde muito cedo, é sempre falar coisas positivas para ela. Por exemplo, elogiar as boas atitudes e não somente criticar as atitudes ruins; dizer que ela é especial, exaltar as qualidades e as coisas que ela faz de bom; manter a criança sempre com atitude positiva sobre si e sobre a vida, nunca desmotivá-la. Com isso ela já vai assimilando uma imagem positiva sobre si mesma, e se torna no futuro, juntamente com outras habilidades, uma pessoa segura e decidida.

É um trabalho longo e demorado, mas que se trabalhado diariamente, passa a ter resultados favoráveis. Sempre trabalhando com otimismo e perseverança.

Para quem não viu os outros posts da série, temos anteriormente as partes 01, 02 e 03 sobre o assunto, confiram!

Um grande abraço a todos e até o próximo post, onde falaremos sobre as Habilidades Socioemocionais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial